Ela visa informar e sensibilizar o público sobre as diferentes formas de exclusão vivenciadas pelas pessoas com deficiência, e apontar soluções para uma cidade e uma sociedade mais diversa, empática e integrada.

A Exposição Cidade Acessível foi lançada pela Folguedo em 2014, em uma versão presencial interativa produzida na Casa de Ciência da UFRJ. Em 2016 ela foi o tema de uma ação nas Paralimpíadas, e em 2018 uma nova montagem foi realizada no Museu da Vida na Fiocruz. Mais de 20 mil pessoas visitaram a Exposição Cidade Acessível ao longo dos anos.

Lançando em dezembro de 2021 essa nova versão, agora virtual, a Folguedo quer levar a reflexão sobre acessibilidade ainda mais longe, reunindo diversas vozes e perspectivas de pessoas com deficiência de todo o Brasil.

Menu

#Audiodescrição: Homem negro de cabelo preto com tranças. Ele usa camisa laranja e segura um megafone em frente a boca aberta. Mulher branca com nanismo, tem cabelo curto platinado, usa vestido branco com listras curvas azuis e vermelhas. Segura um cartaz escrito: Ser anticapacitista é se indignar.
Lei de incentivo à cultura
IDEALIZAÇÃO
idealização Folguedo
PATROCÍNIO
Patrocínio: Prefeitura do Rio, Sotreq Cat, CAU RJ, Marsh McLennan, Amil.
Lei de incentivo à cultura
IDEALIZAÇÃO
idealização Folguedo
PATROCÍNIO
Patrocínio: Prefeitura do Rio, Sotreq Cat, CAU RJ, Marsh McLennan, Amil.
PARCERIA
Parceria: Fiocruz, SPCOC, Museu da Vida.
APOIO
Apoio: Rio 2020, OpenSenses, Elaborando
REALIZAÇÃO
Realização: Secretaria especial da cultura, Ministério do turismo, Governo Federal.
PARCERIA
Parceria: Fiocruz, SPCOC, Museu da Vida.
APOIO
Apoio: Rio 2020, OpenSenses, Elaborando
REALIZAÇÃO
Realização: Secretaria especial da cultura, Ministério do turismo, Governo Federal.